Marcelo Panguana

CARTA A SÓNIA SULTUANE

Marcelo Panguana

RESUMO
A cidade de Inhambane, Sónia, sempre provocou em mim um enorme fascínio. Gosto do seu silêncio. Das suas ruas largas e limpas. Do mar mesmo ali ao lado a amainar as intempéries da vida. Gosto da poesia que irradiam os olhos das mulheres que percorrem vagarosamente os caminhos dos lugares. As casas são discretas, todas elas de um piso, as janelas sempre abertas para receber a brisa que vem da baía.

pdf-symbol Carta a Sónia Sultuane | Marcelo Panguana