Artes Plásticas

Pancho: Outras formas e olhares - Foto de Paulo Alexandre

Pancho: Outras formas e olhares – Foto de Paulo Alexandre

Sónia Sultuane estreou-se nas artes plásticas em 2005, tendo participado na exposição colectiva “Hora O” com o trabalho “De Dentro Para Fora”. Desde então integrou diversas exposições colectivas dentro e fora do país.

Em Junho de 2009: destaca-se a sua primeira exposição individual internacional em Macau, participou ainda em exposições colectivas na Itália (Milão e Piacenza),  em Portugal e na África do Sul. Em 2009 apresentou no Instituto Camões, em Maputo e na Beira, a sua primeira individual, intitulada “Palavras que Andam”. Em Fevereiro de 2013, abre o ano do Camões-Instituto da Cooperação e da Língua, apresentando a sua 2ª Exposição individual em Moçambique, “Códigos de Gaudi” e em 2018-19 participa de uma exposição colectiva com Jorge Dias intitulada “Pancho: Outras Formas e Olhares”, em Moçambique.

Em 2011 assumiu o papel de curadora na exposição “Mulheres – Descortinando”, organizada pela Galeria Kulungwana. Em Março de 2008, foi uma das artistas convidadas e um dos membros da organização do workshop internacional organizado pelo MINED e pelo Triangle  (Muyehlekete – O Pensador) em Maputo.

Artista multifacetada: poeta, escritora, artista plástica e curadora. Tem colaborado noutras disciplinas artísticas como a música, a dança, a moda e a fotografia. 

Criou o projecto artístico (Walking Words) desde 2008 – inserido já em várias disciplinas artísticas.