POÉTICA URBANA 1

Projecto: PoÉtica urbana
FOTÓGRAFO: @Ricardo Coelho
None but ourselves can free our minds.
Bob Marley

E eles um dia dirão, ah essa aí?! Era a bandida da Lua, que nos roubava o coração. Sónia Sultuane. @Poética urbana  – Maputo city

Nega-me o pão, o ar, a luz, a primavera, mas nunca o teu riso, porque então morreria. Pablo Neruda @Poética urbana – Maputo city

Fuck the cancer!!!Sónia Sultuane @Poética urbana – Porto city

E há todas as pontes imaginárias em nós. Sónia Sultuane. @Poética urbana  – Maputo city

Veste-te de primavera e sorri. Sónia Sultuane. @Poética urbana  – Maputo city

Let’s talk about…Sónia Sultuane. @Poética urbana  – Maputo city

A mar – R espeitar – T ransformar – E voluir. Sónia Sultuane. @Poética urbana  – Maputo city

Coisas!!!. Sónia Sultuane. @Poética urbana  – Maputo city

Não existe nenhuma paleta de cores para  pintar uma desilusão. Sónia Sultuane. @Poética urbana  – Maputo city

A vida é uma incógnita, mas é bem pior, para quem não ousa desafiar-se e lutar contra os seus medos. Sónia Sultuane. @Poética urbana  – Maputo city

Não espere por uma crise para descobrir o que é importante em sua vida. Platão. @Poética urbana – Porto city

A nossa liberdade é o acto mais libertador da nossa vida, mas o mais difícil de se conquistar. Sónia Sultuane. @Poética urbana – Porto city

Sou o único passageiro dos meus medos e receios, sou o único passageiro que viaja dentro da minha alma. Sónia Sultuane. @Poética urbana – Porto city

Não há nada como regressar a um lugar que está igual para descobrir o quanto a gente mudou. Nelson Mandela. @Poética urbana – Maputo city

Temos que ter coragem de nos libertarmos das prisões dentro de nós. Sónia Sultuane. @Poética urbana – Maputo city

Fuck the lies. Sónia Sultuane. @Poética urbana – Maputo city

Quando a vida voltar a ensinar-te as mesmas coisas, agradece e sorri, porque afinal a vida ainda não desistiu de ti. Sónia Sultuane. @Poética urbana – Maputo cityDesistir, silenciar também é um acto de amor. Sónia Sultuane. @Poética urbana – Maputo city

Aperto de amor, perto do amor. Sónia Sultuane. @Poética urbana – Porto city

No pain, no gain. @Poética urbana – Maputo city

Só nos silêncios percebemos os barulhos que nos povoam.  Sónia Sultuane. @Poética urbana – Porto city.

Obrigatório seguir as normas de segurança relativamente a obra,  senão é proibido a entrada de pessoas estranhas.  Sónia Sultuane. @Poética urbana – Porto city

O estudo da metafísica consiste em procurar, num quarto escuro, um gato preto que não está lá. Voltaire. @Poética urbana – Porto city

As vezes temos somente que parar e ficar atentos. E a vida chega quieta para nos mostrar os porquês. Sónia Sultuane. @Poética urbana – Porto city

Se apenas houvesse uma única verdade, não poderiam pintar-se cem telas sobre o mesmo tema. Pablo Picasso. @Poética urbana – Porto city

Cansei de apanhar a chuva com as mãos, porque as palmas não são baldes nem os dedos são asas. Sónia Sultuane. @Poética urbana – Maputo city

Deixa passar os anos por ti, porque o melhor, ainda está por vir. Sónia Sultuane. @Poética urbana – Maputo city

Nunca mudes o teu Eu, mesmo que as circunstâncias à tua volta, não sejam parte do que tu és!!! Não sejas o que o mundo espera que sejas, ser livre é principalmente ser liberdade dentro de ti e de todas as tuas escolhas. Sónia Sultuane. @Poética urbana – Maputo city

Não se construam silêncios entre nós, construam-se diálogos. Sónia Sultuane. @Poética urbana – Maputo city

Não se construam muros entre nós, construam-se pontes. Sónia Sultuane. @Poética urbana – Maputo city

Atreve-te. Sónia Sultuane. @Poética urbana – Maputo city

None but ourselves can free our minds. Bob Marley. @Poética urbana – Maputo City

A luta continua. @Poética urbana – Maputo City

Marxismo e Leninismo. @Poética urbana – Maputo City

Povo moçambicano. @Poética urbana – Maputo City

Todos os simbolos contam e guardam a sua história. Sónia Sultuane. @Poetica urbana – Maputo City

Proibido estacionar, só a tristeza, o resto deixa passar. Sónia Sultuane. @Poética urbana – Maputo City

Meu coração é um órgão de zinco, onde as crianças tocam Bach a noite inteira, atirando pedras como se fossem estrelas. Lee Flôres. @Poética urbana – Maputo City

Meu coração é um órgão de zinco, onde as crianças tocam Bach a noite inteira, atirando pedras como se fossem estrelas. Lee Flôres. @Poética urbana – Maputo City

Se eu tivesse cumprido todas as regras, eu nunca teria chegado em qualquer lugar. Marilyn Monroe. @Poética urbana – Maputo City

Escancara a porta com a tua melhor versão e deixa a vida entrar. Sónia Sultuane.@Poética urbana – Maputo City

Tenho todas as crianças em mim. Sónia Sultuane. @Poética urbana – Maputo City